Como saber se seu telefone está grampeado: 7 sinais de alerta

Como saber se seu telefone está grampeado: 7 sinais de alerta

Como você pode saber se seu telefone está grampeado? Goste ou não, a maioria de nós se acostumou com nossos telefones sendo espionados - não pelo menos por governos!



Mas outras partes podem entrar em contato com seu smartphone. Isso inclui hackers, seu empregador, um ex-parceiro ou até mesmo a imprensa. Eles podem estar ouvindo suas chamadas, lendo e enviando mensagens e e-mails ou alterando informações em sua interface. Mas como você sabe se seu telefone está grampeado?

Veja como saber se seu telefone celular está grampeado.





1. Problemas de bateria

Antes de iOS e Android se tornarem populares, problemas de bateria eram um sinal de um grampo no telefone. Baterias quentes continuam sendo uma preocupação quando se trata de smartphones.

Você provavelmente está muito familiarizado com o superaquecimento da bateria. Você pode até ter visitado uma loja de telefones e reclamado sobre o problema. Na maioria dos casos, você simplesmente saberá que é padrão para smartphones. A Apple, por exemplo, normalmente só se preocupa se seu dispositivo esquenta tanto que se desliga sozinho.



Por que seu smartphone fica tão quente? Usar vários aplicativos e consumir mídia deixará seu aparelho mais quente, embora isso não deva ser o suficiente para causar qualquer dano.

No entanto, uma bateria quente também pode ser um sinal de grampeamento do telefone celular. Software malicioso pode estar sendo executado em segundo plano, permitindo que outra pessoa ouça.

E suspeite se seu telefone simplesmente não estiver segurando a carga.

Monitore seu telefone: lembre-se de quais aplicativos você usou e como eles afetam sua bateria. Se ele ficar constantemente com pouca bateria, apesar de você não usá-lo com frequência, isso é muito estranho para ignorar. Os aparelhos mais antigos não carregam tão bem quanto os modelos mais novos, então você precisa eliminar outras possibilidades antes de procurar fins nefastos.

Observe os outros motivos pelos quais seu fone pode estar quente. Você tem se bronzeado com ele por perto? Você tem usado muitos aplicativos consecutivamente? Uma capa de telefone está bloqueando o calor?

No entanto, altas temperaturas e baixo consumo de energia podem ser indicativos de software malicioso. Em seguida, você precisa procurar outros sinais de que seu telefone está grampeado.

2. Maior uso de dados móveis

Ficar de olho nas suas contas de telefone pode economizar muito dinheiro. Mas também pode ajudá-lo a detectar spyware.

Incontáveis ​​aplicativos usam grandes quantidades de dados, especialmente se você não se conectar a um Wi-Fi público gratuito. É ainda pior se você deixar seus filhos usarem o dispositivo quando estiverem fora de casa. Ainda assim, você deve saber aproximadamente quantos dados usa a cada mês.

Relacionado: Maneiras de os hackers usarem Wi-Fi público para roubar sua identidade

Se esse valor aumentar drasticamente, você precisa definir exatamente por que isso está acontecendo. Se você não conseguir encontrar o motivo, pode ser que um terceiro esteja interceptando suas mensagens.

O software malicioso usa sua permissão de dados para enviar informações coletadas para uma fonte externa. Isso significa que ele não depende apenas do Wi-Fi de sua casa: ele consumirá dados onde quer que você esteja.

3. Anúncios e aplicativos indesejados

Você pode facilmente se familiarizar excessivamente com seu sistema operacional, o que significa que você esquecerá metade dos aplicativos nele.

Mas é fundamental que você saiba exatamente o que está no seu telefone, especialmente os aplicativos em execução em segundo plano. Se você não os instalou, eles podem ser maliciosos.

Seu telefone não precisa estar desbloqueado para baixar aplicativos falsos: 17 aplicativos fraudulentos foram descobertos na App Store para iDevices, por exemplo. Inicialmente, acreditava-se que eles continham malware de Trojan, mas, na verdade, eram adwares que apresentavam anúncios maliciosos aos usuários.

sites de streaming de tv grátis sem inscrição

Mas esse adware também pode ser usado para coletar dados e abrir uma porta dos fundos para os hackers, convidando à instalação de mais softwares fraudulentos. Esses anúncios podem se tornar intrusivos para encorajar as vítimas a clicarem neles, mesmo acidentalmente, e gerar receita com pagamento por clique.

Relacionado: O que é adware?

Não se esqueça de que clicar em qualquer link pode levar a mais malware.

Esses aplicativos foram removidos pela Apple, mas ainda podem estar à espreita em sistemas desatualizados e apresentam um exemplo sólido de aplicativos maliciosos que passam por verificações oficiais.

O malware pode gerar muito tráfego de anúncios e, assim, aumentar ainda mais o uso de dados.

4. Problemas gerais de desempenho

Quanto mais dados forem usados, mais lento será o seu dispositivo.

O malware pode obter acesso root ao seu smartphone ou induzi-lo a baixar uma atualização de sistema falsa para domínio completo sobre suas atividades. As informações sobre a vítima podem então ser transmitidas aos servidores externos dos hackers.

Pense em todas as informações sendo transmitidas de e para o seu dispositivo. Isso tornará seu dispositivo mais lento, e você pode pensar que simplesmente seu aparelho está ficando velho ...

Mas você sofrerá atrasos no desempenho de qualquer método que um cibercriminoso use para grampear seu telefone.

É claro que aplicativos reais irão ocupar o poder, mas eles não devem afetar de forma perceptível o tempo de reação do seu dispositivo.

Você pode verificar quais aplicativos estão usando mais RAM.

No iOS, você só precisa continuar Ajustes> Geral> Armazenamento do iPhone . No Android, clique em Configurações> Aplicativos e deslize para Correndo . Você provavelmente verá Fotos e Música próximo ao topo da lista. A partir daqui, você pode avaliar corretamente o uso do seu aplicativo e verificar se há algo que não pareça verdadeiro.

5. Mensagens estranhas podem indicar escutas telefônicas

Como saber se seu telefone está grampeado ou sendo espionado? Você pode já estar ignorando os sinais!

O que você pode passar como spam, um incômodo ou um número errado pode ser um alerta de que algo está errado.

O SMS suspeito pode incluir uma série aparentemente aleatória de dígitos, caracteres e símbolos, que imediatamente lhe parecerão estranhos, mas talvez não especialmente maliciosos.

Não ignore mensagens suspeitas.

A causa mais provável disso é uma falha no spyware usado por cibercriminosos. Se não for instalado corretamente, mensagens codificadas aparecerão em sua caixa de entrada que, de outra forma, teriam passado despercebidas.

Esses conjuntos de dados aleatórios são instruções enviadas dos servidores de um hacker para adulterar o aplicativo fraudulento. Como alternativa, pode ser o aplicativo tentando entrar em contato com seu criador.

Da mesma forma, se qualquer família ou amigo disser que você está enviando mensagens de texto ou e-mails bizarros, seu telefone pode estar comprometido. Isso pode significar que seu telefone infectado está tentando instalar malware nos dispositivos de seus entes queridos.

Fique de olho em qualquer atividade que você não reconheça. Olhe para as cadeias de mensagens, perfis de mídia social e verifique sua pasta de envio e caixa de saída. Se você não se lembra de ter enviado algo, suspeite.

6. Os sites parecem diferentes

Ficar vigilante pode evitar que você seja roubado.

É um golpe com o qual todos estamos familiarizados, mas ninguém é infalível. Todos nós esquecemos conselhos e cometemos erros. Se esse erro for clicar em um URL em um texto ou e-mail, pode custar muito dinheiro.

Você nem mesmo precisa ser redirecionado para um link fraudulento por meio de uma mensagem. Se houver um aplicativo malicioso em seu telefone, ele pode alterar a aparência dos sites que você frequenta.

Relacionado: Dicas para evitar aplicativos falsos em lojas de aplicativos móveis

O malware atua como um proxy, interceptando as comunicações entre você e o site que está tentando visitar. Pode ser apresentar uma página falsa para você ou simplesmente controlar qualquer coisa que você digitar. E não, não importa se você está em navegação privada.

Isso realmente se torna um problema se você estiver usando um banco online - ou mesmo qualquer coisa que exija dados pessoais. Isso pode ser uma senha, detalhes financeiros ou meras informações de identificação pessoal (PII), uma moeda importante na Dark Web.

Você pode não notar nenhuma diferença. Elas podem ser apenas pequenas alterações, como logotipos pixelados. E se você vir algo estranho, pode ser apenas o site experimentando uma nova interface. Compare a versão móvel com a exibida em um PC, tendo em mente que os temas responsivos serão ligeiramente diferentes.

7. Use códigos de encaminhamento do Android como * # 21 #

Isso só funciona em telefones com Android, mas é a maneira perfeita de descobrir se algum de seus dados está sendo encaminhado para terceiros.

Basta ir para a interface do teclado e digitar qualquer *#vinte e um* , * # 67 # , ou * # 62 # em seguida, toque no ícone de discagem. Se um não funcionar, tente outro. Eles são aplicáveis ​​a dispositivos diferentes, mas todos os três têm a mesma função: eles direcionam você para uma tela que detalha o Encaminhamento de Chamadas.

Ele listará chamadas de voz, dados, SMS, pacote, PAD e muito mais. Idealmente, cada um deve dizer 'Não encaminhado' depois.

Se algum deles disser 'Encaminhado', provavelmente seu smartphone foi hackeado.

Então o que você pode fazer? Basta digitar ## 002 # na tela de discagem e pressione o símbolo de discagem novamente. Agora sua tela deve mostrar 'Eliminação bem-sucedida', o que significa que você interrompeu o ataque cibernético. Você pode navegar para fora desta tela tocando OK .

Mas esse não é o fim da questão: se o seu dispositivo foi grampeado, ele é obviamente suscetível a ataques, então veja maneiras de aumentar a segurança do Android , incluindo o download de um aplicativo antivírus.

Como você pode saber se seu telefone está grampeado?

Não seja excessivamente paranóico: a maioria de nós não será vítima de uma escuta telefônica. No entanto, vale a pena revisar algumas medidas básicas de segurança.

Reduza o risco de infecção baixando apenas de lojas de aplicativos oficiais; Apple e Google exibem apps e jogos antes de deixá-los disponíveis para as massas e, embora às vezes bagunçam, isso é raro.

Compartilhado Compartilhado Tweet O email Como saber se alguém estava bisbilhotando seu PC: 4 maneiras

Suspeita de que seu computador não está como você o deixou? Aprenda a saber se alguém estava bisbilhotando seu PC!

Leia a seguir
Tópicos relacionados
  • Android
  • Iphone
  • Segurança
  • Segurança do Smartphone
Sobre o autor Philip Bates(273 artigos publicados)

Quando ele não está assistindo televisão, lendo livros 'n' quadrinhos da Marvel, ouvindo The Killers e obcecado por ideias de roteiros, Philip Bates finge ser um escritor freelance. Ele gosta de colecionar tudo.

Mais de Philip Bates

Assine a nossa newsletter

Junte-se ao nosso boletim informativo para dicas de tecnologia, análises, e-books grátis e ofertas exclusivas!

Clique aqui para se inscrever